terça-feira, 6 de maio de 2014

Criação da UDN nacional


A UDN foi criada, oficialmente, em 7 de abril de 1945, como uma “associação de partidos estaduais e correntes de opinião” contra a ditadura do Estado Novo, caracterizando-se essencialmente pela oposição constante a Getúlio Vargas e ao getulismo.
Inicialmente, suas reuniões se dava na sede da UNE, na Praia do Flamengo. Depois, passou a ter sede ficava na Avenida Nilo Peçanha 12,110 andar, salas 1110 a 1114.
Seus fundadores foram: José Augusto Bezerra de Medeiros, brasileiro, Adhemar de Barros, brasileiro, casado, médico; Joaquim Bandeira de Mello, brasileiro, casado, industrial; João Cleophas, brasileiro, casado, industrial; Carlos de Lima Cavalcanti, brasileiro, casado, industrial; Carlos Castilho Cabral, brasileiro, casado, advogado; Antônio Carvalho Guimarães, brasileiro, solteiro, jornalista; João Carlos Machado, brasileiro, casado, advogado; Raul Pila, brasileiro, solteiro, professor; Poty Medeiros, brasileiro, casado, advogado; Waldemar Ferreira, brasileiro, casado, professor; Oscar Stevenson, brasileiro, casado, professor; Ma-tias Olímpio, brasileiro, casado, magistrado aposentado; José Cândido Ferraz, brasileiro, casado, médico; Osório Borba, brasileiro, solteiro, jornalista; Arnon de Mello, brasileiro, casado, advogado; Wanderley Pinho, brasileiro, casado, escritor; Adelmar Rocha, brasileiro, casado, militar; Francisco Alves Cavalcanti, brasileiro, viúvo, fazendeiro; Raphael Cincorá de Andrade, brasileiro, casado, advogado; Oswaldo Trigueiro, brasileiro, casado, advogado; Belmiro Medeiros, brasileiro, casado, advogado; Raphael Fernandes Gurjão, brasileiro, casado, advogado; Ernâni Sátiro, brasileiro, casado, advogado; Nehemias Queirós, brasileiro, casado, professor; Amorim Parga, brasileiro, casado, jornalista; Maria Luiza Bittencourt, brasileira, casada, advogada; Maria Rita Soares de Andrade, brasileira, solteira, advogada; Orlando Vieira Dantas, brasileiro, casado, jornalista; Tristão da Cunha, brasileiro, casado, professor; Lourival de Mello Motta, brasileiro, solteiro, médico; Pedro da Costa Rêgo, brasileiro, casado, jornalista; Orlando Araújo, brasileiro, casado, advogado; Lino Machado, brasileiro, casado, militar; Luiz Camilo de Oliveira Neto, brasileiro, casado, escritor; Joaquim de Salles, brasileiro, casado, jornalista; José de Salles, brasileiro, casado, funcionário; Astrogildo Pereira, brasileiro, casado, escritor; Nelson Souza Carneiro, brasileiro, casado, advogado; José Gaudêncio, brasileiro, viúvo, advogado; Emílio Diniz da Silva, brasileiro, solteiro, médico; Domingos Vellasco, brasileiro, casado, advogado; José Ferreira de Souza, brasileiro, casado, professor; Alde Sampaio, brasileiro, casado, industrial; Paulo Martins, brasileiro, casado, advogado; Luiz Pinheiro Paes Leme, brasileiro, casado, advogado; Jones Rocha, brasileiro, casado, médico; Tito Lívio de Sant’Anna, brasileiro, casado, engenheiro; João Mangabeira, brasileiro, casado, advogado; Heitor Beltrão, brasileiro, casado, advogado; Mário Martins, brasileiro, casado, jornalista; Nelson de Sena, brasileiro, viúvo, professor; Jacy de Figueiredo, brasileiro, casado, advogado; Carmen Portinha, brasileira, casada, engenheira; Maurício de Lacerda, brasileiro, casado, advogado; Lengruber Filho, brasileiro, casado, fazendeiro; Miguel Costa Filho, brasileiro, solteiro, jornalista; Raul Leite Filho, brasileiro, casado, industrial; Xavier de Araújo, brasileiro, casado, jornalista; Evandro Lins e Silva, brasileiro, casado, advogado; Dormund Martins, brasileiro, casado, advogado; Benjamin Miranda, brasileiro, casado, funcionário; Aristides Mariano de Azevedo, brasileiro, casado, advogado; Jurandyr Pires Ferreira, brasileiro, casado, engenheiro; João Evangelista Lobato, brasileiro, casado, médico; Luiz Tinoco da Fonseca, brasileiro, casado, médico; Jeronymo Monteiro Filho, brasileiro, casado, professor; Oscar Przewodosky, brasileiro, casado, professor; José Eduardo do Prado Kelly, brasileiro, casado, advogado; Dionísio Ausier Bentes, brasileiro, casado, médico; Arthur Leandro de Araújo Costa, brasileiro, casado, médico, Romão Júnior, brasileiro, casado, médico e Virgílio de Mello Franco, brasileiro, casado, lavrador.

Seis piauienses estão na relação dos fundadores da UDN nacional: Matias Olímpio de Melo, José Cândido Ferraz, Adelmar Soares da Rocha, Francisco Alves Cavalcanti, Evandro Lins e Silva e Jurandir Pires Ferreira. Meu pai não consta da lista porque motivos superiores o impediram de estar no Rio de Janeiro, centro do poder naquela época, quando da assinatura da ata oficial, mas ele participou da criação da agremiação em todos os seus momentos.

Do livro Genu Moraes - a Mulher e o Tempo.

3 comentários:

Cunha e Silva Filho disse...

Estimado Kenard Kruel:

É bom vê-lo de volta em seu fascinante blog. Continuarei acompanhando-o, lendo seus textos, sua inquestionável inclinação em remexer o passado tanto nacional, quanto sobretudo das plagas mafrenses. Vejo que tem muito material publicado, até no Facebook.
Renovo os meus cumprimentos ao incansável intelectual piauiense, de cujos textos ressurgem a visão límpida e viva do passado.
Um abraço do Cunha e Silva Filho

Luiz Paulo Administrador disse...

SOU NETO DE UM DOS FUNDADORES DA UDN, O DR. ARTHUR LEANDRO DE ARAÚJO COSTA

Kenard Kruel disse...

que bom, amigo. pode me passar mais dados e fotos sobre seu avô? ampliarei minhas informações. grato, kenard kruel.