sábado, 25 de fevereiro de 2012

A poesia anda de ônibus

Encontro-me com o poeta William Melo Soares hoje pela manhã na festa de aniversário do Assis Brasil, organizada pelo jornalista e escritor Herculano Moraes, no SESC da Ilhotas, e ele me conta, empolgado, que está reunindo poemas e ilustrações para a segunda edição do projeto “A poesia anda de ônibus”. A ideia é simples: fixar nos ônibus do sistema de transporte público de Teresina poemas de autores piauienses. Isso já ocorreu em 2005. “Ainda hoje as pessoas lembram e cobram uma nova edição”, justifica o poeta. O projeto de William Melo Soares é espalhar 3 mil poemas nos coletivos que circulam na capital. Os petas contemplados são: Climério Ferreira, Graça Vilhena, João Carvalho, Laerte Magalhães, Marleide Lins, Paulo José Cunha e Rubervan Du Nascimento, além do próprio William Melo Soares. Fiquem de Tocaia.

2 comentários:

Valter Lima disse...

gostaria de um telefone de contato do poeta William Melo... quem souber, se habilite e me informe... agradeço..
valter lima alves (Poeta)

Kenard Kruel disse...

celular do poeta: 8834 3826.